PEDIDO DE PROVIDÊNCIA: População clama por solução para esgoto na rua e buracos na zona Sul

Desde 2022 Rondoniaovivo aborda assunto e prefeitura deixa problema dar dor de cabeça para população

PEDIDO DE PROVIDÊNCIA: População clama por solução para esgoto na rua e buracos na zona Sul

Foto: Felipe Corona/Rondoniaovivo

Sexta reportagem, sexta vez que o Rondoniaovivo traz o assunto. Esse é o sentimento dos moradores que convivem com esgoto à céu aberto jogado pela própria população e muitos buracos na zona Sul de Porto Velho.

 

Os fatos foram divulgados em cinco datas anteriores: abril e agosto de 2022, além de abril, agosto e novembro do ano passado. E em quase dois anos não houve nenhuma mudança.

 

Apesar de muitas denúncias, algumas delas protocoladas pelo próprio jornal eletrônico, não houve fiscalização nem punição dos porcalhões que há anos, jogam água servida nas ruas, destruindo a pavimentação, causando buracos e prejuízo aos motoristas, motociclistas, quem usa bicicleta ou anda a pé na Avenida Campos Sales com a Rua Vicunha, na Campos Sales com a Rua Madressilva, e ainda, na Campos Sales com Emídio Feitosa, todos esses pontos no Bairro Novo Horizonte.

 

 

Com os buracos também veio o desperdício de dinheiro público. A Prefeitura de Porto Velho fez o recapeamento de várias ruas na região em agosto do ano passado, incluindo as vias já citadas.

 

Adivinhem o que aconteceu? Buracos, muitos buracos surgiram... E de todos os tamanhos, para dor de cabeça de pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas.

 

 

A punição dos “cidadãos porcalhões”, que continuam jogando esgoto à vista de todos, segue sem acontecer.

 

“A situação só piora. O povo não está preocupado quanto tempo o asfalto vai durar. Das outras vezes, eles pelo menos vinham tapar os buracos. Mas dessa vez, deixaram virar crateras. Muita água podre e o povo caindo nos buracos, com rodas empenadas e muito perigo nesse tempo de chuva”, afirmou João Menezes, morador da região e que sempre conversa com o Rondoniaovivo.

 

Aparecida Rocha, que mora próxima do mar de esgoto há mais de 10 anos, também compartilha da mesma indignação pela falta de ação ou omissão.

 

“No inverno ficamos abandonados. A quantidade de esgoto aumenta com as chuvas. E os buracos só crescem, igual a nossa raiva. Vez ou outra, os funcionários da prefeitura pelo menos faziam um serviço meia-boca. Agora, tem meses que não aparecem aí. Nosso dinheiro pago em impostos é só jogado fora. Mas o carnê do IPTU não falha. Chega janeiro e temos que pagar certinho!”, desabafou ela.

 

Galeria de Fotos da Notícia

PEDIDO DE PROVIDÊNCIA: População clama por solução para esgoto na rua e buracos na zona Sul

PEDIDO DE PROVIDÊNCIA: População clama por solução para esgoto na rua e buracos na zona Sul

PEDIDO DE PROVIDÊNCIA: População clama por solução para esgoto na rua e buracos na zona Sul

PEDIDO DE PROVIDÊNCIA: População clama por solução para esgoto na rua e buracos na zona Sul

PEDIDO DE PROVIDÊNCIA: População clama por solução para esgoto na rua e buracos na zona Sul

PEDIDO DE PROVIDÊNCIA: População clama por solução para esgoto na rua e buracos na zona Sul

PEDIDO DE PROVIDÊNCIA: População clama por solução para esgoto na rua e buracos na zona Sul

PEDIDO DE PROVIDÊNCIA: População clama por solução para esgoto na rua e buracos na zona Sul

Direito ao esquecimento
Qual pré-candidato à Prefeitura de Cacoal tem sua preferência?
Como você avalia a gestão do prefeito Tinoco em São Francisco do Guaporé?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS