GREVE GERAL: Professores e técnicos da UNIR e IFRO seguem com atividades paralisadas

Não existe ainda uma previsão de retorno das atividades

GREVE GERAL: Professores e técnicos da UNIR e IFRO seguem com atividades paralisadas

Foto: Reprodução da internet

A greve dos servidores técnico-administrativos da Universidade Federal de Rondônia (UNIR) já ultrapassou dois meses e não há previsão para a retomada das aulas na instituição. Os professores também aderiram à greve oficialmente em 15 de abril, mantendo as aulas suspensas.

 

Os técnicos-administrativos da UNIR começaram a greve em 3 de março, e o Conselho Universitário (Consun) da universidade aprovou o indicativo de greve em 13 de abril, sem definir uma data para a volta das atividades nos campi.

 

O Instituto Federal de Rondônia (IFRO) também entrou em greve em 3 de abril. Segundo o Conselho Superior do IFRO (Consup), o calendário acadêmico da instituição foi suspenso em 22 de abril.

 

Tanto na UNIR quanto no IFRO, as negociações com o Governo Federal não progrediram, e por isso, ainda não há previsão para o retorno das atividades.

Direito ao esquecimento
Qual loja você acha que deve receber a nova Estátua da Liberdade da Havan?
Quais atrações devem participar do Dia das Crianças da Comissão de Locutores da Flor do Maracujá?
Como você avalia a gestão do prefeito Lezão em Rio Crespo?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS