CÂMARA FEDERAL: Bancada de RO se divide em votação de projeto que facilita a punição de deputados

CÂMARA FEDERAL: Bancada de RO se divide em votação de projeto que facilita a punição de deputados

Foto: Reprodução

Votado nessa última terça-feira (11), o Requerimento de Urgência para a tramitação do Projeto de Resolução Complementar que dará autoridade para que o presidente da Câmara dos Deputados, através do Conselho de Ética, suspenda um congressista de seu mandato por até seis meses, dividiu a bancada de Rondônia.
 
Entre os congressistas rondonienses três votaram a favor da urgência do projeto e quatro votaram contrários, indicando que não existe coesão nesse tema entre a bancada de Rondônia, que comumente vota em maioria no Congresso Nacional.
 
Votaram a favor da tramitação urgente dessa pauta os deputados José Lebrão (UNIÃO), Lúcio Mosquini (MDB) e Thiago Flores (REPU). Foram contrários à urgência do projeto os deputados Fernando Máximo (UNIÃO), Cristiane Lopes (UNIÃO), Coronel Chrisóstomo (PL), e XXXXXX (UNIÃO). 
 
A deputada Silvia Cristina (PL) não participou da votação, a parlamentar vem empenhada na inauguração de um hospital de reabilitação na cidade de Vilhena (RO) ainda este mês.
 
Os debates sobre o projeto ficam torno do grande poder que será dado ao presidente da Câmara, que terá autoridade de suspender mandatos eleitos democraticamente em votação popular. 
 
Já os deputados favoráveis ao projeto afirmam que essa mudança irá garantir uma maior agilidade nos processos de afastamento de deputados alvos de condenações e prisões. Atualmente, para que um deputado seja afastado de seu mandato é necessário determinação judicial ou votação em plenário. 
 
Com a tramitação em urgência aprovado por 302 votos a favor e 142 contrários, esse projeto será votado na sessão plenária desta quarta-feira (12).
Direito ao esquecimento
Qual pré-candidato à Prefeitura de Ji-Paraná tem sua preferência?
Como você avalia a gestão do prefeito Cornelio em São Miguel do Guaporé?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS