ELEIÇÕES 2024: Último dia para regularizar título de eleitor; confira onde e como

Votar é importante! Termina nesta quarta (08) o prazo para quitar pendências eleitorais, coletar a biometria e atualizar os dados cadastrais do documento

ELEIÇÕES 2024: Último dia para regularizar título de eleitor; confira onde e como

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil; reprodução via ac24horas

Eleitores têm até às 17h30 desta quarta-feira (08) para regularizar, emitir e atualizar o título de eleitor. O procedimento é necessário para aqueles que precisam emitir o documento pela primeira vez, que precisam quitar dívidas eleitorais ou atualizar dados cadastrais no banco de dados da Justiça Eleitoral (como solicitar a transferência de domicílio eleitoral).
 
Os eleitores que foram ausentes em três eleições sucessivas, ou deixaram de pagar multas, devem regularizar o documento para poder participar das eleições municipais que acontecem no final deste ano. Além disso, os que desejam incluir o nome social no cadastro também devem solicitar atendimento nesta quarta.
 
Se o eleitor já possuir a biometria cadastrada, a regularização pode ser feita online, pelo site do Tribunal Superior Eleitoral. Caso não possua, o cidadão deve comparecer a um dos cartórios eleitorais. A lista de pontos de atendimento disponíveis em todo o estado de Rondônia pode ser conferida neste link.
 
Em Porto Velho, o jornal Rondoniaovivo visitou o Fórum Eleitoral de Porto Velho. O atendimento foi rápido e organizado, mas é importante reservar pelo menos uma hora do dia para quitar pendências e registrar a biometria.
 
Aqueles eleitores que vão emitir o título pela primeira vez devem, obrigatoriamente, comparecer ao atendimento presencial para imprimir o documento e cadastrar a biometria. Para tirar o documento pela primeira vez são necessários apenas um documento oficial com foto (identidade, carteira de trabalho, passaporte), um comprovante de residência atualizado (com menos de três meses de emissão) e o comprovante de quitação de serviços militares (no caso de jovens acima de 18 anos).
 
Aqueles que não regularizarem ou emitirem o título até esta quarta estarão impedidos de votar nas eleições municipais deste ano. Além disso, os cidadãos em dívida com a justiça eleitoral são proibidos de se matricularem em concursos, de emitir documentos de identidade e passaporte e não podem tomar posse em funções públicas. A renovação de matrícula em instituições públicas de ensino é proibida.
Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Edilson Alencar em Presidente Médici?
Você acredita que pets deveriam ser permitidos em praças de alimentação?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS