POLÍCIA PENAL: Deputado Edevaldo Neves propõe alteração na jornada de trabalho da categoria

Segundo ele, a sobrecarga laboral enfrentada pelos policiais penais resulta em diversos problemas, como redução do desenvolvimento profissional, prejuízos à saúde física e mental, entre outros

 POLÍCIA PENAL: Deputado Edevaldo Neves propõe alteração na jornada de trabalho da categoria

Foto: assessoria

O Deputado Edevaldo Neves, do Partido Republicano Democrático (PRD), apresentou uma indicação ao Governador do Estado, em conjunto com o Secretário-Chefe da Casa Civil e a Secretaria de Estado de Justiça (SEJUS), propondo um estudo de viabilidade para alteração da Lei n° 1.102/2021 referente à jornada de trabalho da Polícia Penal.
 
O parlamentar argumenta que os policiais penais exercem um papel essencial na manutenção da ordem e segurança nas unidades prisionais, porém, estão sujeitos a uma carga horária excessiva que compromete seu desempenho profissional e afeta sua saúde física e mental.
 
A proposta do deputado é reduzir a jornada de trabalho de 40 para 36 horas semanais, visando beneficiar não apenas os policiais penais, mas também melhorar o ambiente de trabalho dentro das instituições prisionais.
 
Segundo ele, a sobrecarga laboral enfrentada pelos policiais penais resulta em diversos problemas, como redução do desenvolvimento profissional, prejuízos à saúde física e mental, entre outros. Portanto, a alteração na jornada de trabalho se torna uma medida necessária para garantir condições adequadas de trabalho e um melhor desempenho das funções.
 
O deputado Edevaldo Neves destaca a urgência na realização do estudo de viabilidade para a implementação dessa alteração, enfatizando a importância do apoio dos demais parlamentares para encaminhar a proposta de maneira adequada.
Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Edilson Alencar em Presidente Médici?
Você acredita que pets deveriam ser permitidos em praças de alimentação?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS