NA CUSTÓDIA: Funcionários acusados de matar dono de supermercado não foram soltos

NA CUSTÓDIA: Funcionários acusados de matar dono de supermercado não foram soltos

Foto: RONDONIAOVIVO

Continuam na cadeia por força de prisão preventiva, Daniel B., (gerente da fazenda) e William B. C., (peão) acusados de matar brutalmente e ocultar o cadáver do empresário Edson do Nascimento Dalto, 54.

 

Segundo o delegado responsável pelas investigações, não é verdadeira a informação divulgada em um site nesta quarta-feira (15) de que os acusados teriam sido soltos pela Justiça em audiência de custódia.

 

O empresário foi assassinado na noite da última quarta-feira (08) no distrito de Triunfo, no município de Candeias do Jamari (RO). Após matarem a vítima, os acusados levaram o corpo na carroceria da própria caminhonete modelo L-200 do empresário.

 

O corpo foi jogado em um igarapé conhecido como "Travessão da Doizinha" e depois a caminhonete empurrada no rio Preto, próximo a ponte da RO 458.

 

Segundo o Rondoniaovivo apurou, a motivação do crime seria que o empresário descobriu que os funcionários vinham furtando cabeças de gado da fazenda.

 

A rápida elucidação do crime e a prisão dos acusados são frutos de um eficiente trabalho, em apenas 24 horas, de investigação da Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Contra o Patrimônio sob o comando dos delegados Daniel Braga e Lawrence Lachiz.

Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Edilson Alencar em Presidente Médici?
Você acredita que pets deveriam ser permitidos em praças de alimentação?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS