AMOR E ÓD1O: Saiba se comer ovo ainda é saudável e se afeta colesterol

Alimento é rico em proteínas, vitaminas, minerais, antioxidantes e gordura; quantidade pode variar de pessoa para pessoa

AMOR E ÓD1O: Saiba se comer ovo ainda é saudável e se afeta colesterol

Foto: Site minhasaude.proteste.org.br

O ovo, um alimento que é uma fonte acessível e saudável de proteínas, vitaminas, minerais, antioxidantes e gorduras, já foi alvo de controvérsia devido ao seu teor de colesterol, principalmente na gema.

 

No entanto, estudos demonstraram que a gema, apesar de conter colesterol, oferece uma variedade de nutrientes benéficos.

 

Alguns dos benefícios dos ovos incluem sua riqueza em antioxidantes como luteína e zeaxantina, que promovem a saúde ocular, e em colina, essencial para o funcionamento celular.

 

Além disso, as proteínas de qualidade dos ovos contribuem para a saúde muscular e óssea, enquanto sua ingestão pode ajudar na sensação de saciedade e no controle do peso.

 

"O ovo é uma boa fonte de proteína. Na gema, encontramos gordura, mas também carotenoides, que trazem benefícios principalmente para a saúde dos olhos. São componentes que trazem benefícios além da nutrição, além da questão proteica", explica a nutricionista Heloísa Theodoro, membro do Departamento de Nutrição da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso).

 

A quantidade ideal de consumo de ovos pode variar de acordo com fatores individuais, como genética, histórico familiar e dieta.

 

Estudos indicam que consumir de 1 a 2 ovos inteiros por dia não afeta negativamente os níveis de colesterol LDL em pessoas saudáveis, sem fatores de risco significativos para doenças cardíacas.

 

"Acima de dois ovos por dia é preciso analisar como está a alimentação como um todo, quais outros alimentos compõem a dieta, além da atividade física e histórico familiar. Existem outros fatores que vão condicionar ou não um consumo maior de ovos por dia", afirma a nutricionista.

 

É importante destacar que, como qualquer alimento, os ovos devem ser consumidos com moderação, e é aconselhável buscar orientação profissional para uma dieta personalizada, especialmente para aqueles que desejam consumir quantidades maiores.

 

Ovo cozido é o melhor aliado para quem quer manter peso e colesterol em níveis saudáveis - Foto: Shutterstock

 

Colesterol

 

Quanto ao colesterol, é essencial entender a diferença entre o LDL, conhecido como "colesterol ruim", e o HDL, ou "colesterol bom". Controlar os níveis de colesterol envolve práticas como atividade física regular e uma dieta equilibrada e saudável.

 

Embora os ovos contenham colesterol, estudos recentes sugerem que seu consumo moderado pode não ter um impacto significativo nos níveis sanguíneos de colesterol.

 

"Temos evidências inquestionáveis de que, quanto mais alto os níveis de LDL, maior o risco de doenças cardiovasculares, principalmente o infarto agudo do miocárdio, que é a maior causa de morte no mundo", alerta o endocrinologista Rodrigo Moreira, diretor do Departamento de Diabetes Mellitus da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM).

 

Ele completa: "As principais fontes do colesterol ruim são as gorduras saturadas ou trans. O ovo tem gordura saturada. Se você comer uma quantidade muito grande por dia, você vai aumentar a quantidade de colesterol. Mas não precisa tirar o ovo da alimentação se for uma ingestão normal. O ovo é um componente saudável da dieta".

 

Heloísa ressalta que é preciso atenção aos alimentos que são consumidos junto aos ovos e ao modo de preparo.

 

"A forma como o ovo é consumido também é importante. Foi na frigideira, mas sem gordura? Qual o acompanhamento? Bacon?", diz.

 

Em resumo, o alimento está liberado para o dia a dia. Adultos saudáveis podem incluir de um a dois ovos por dia, desde que consumidos em uma alimentação balanceada.

Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Edilson Alencar em Presidente Médici?
Você acredita que pets deveriam ser permitidos em praças de alimentação?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS