VÍDEO: Presidente do VEC desabafa sobre condições precárias do time; veja

Gaúcho do Milho trouxe à tona as dificuldades enfrentadas por muitos clubes de futebol de menor expressão no país e lança desafio aos críticos

Em vídeo divulgado nas suas redes sociais, o presidente do Vilhena Esporte Clube (VEC), José Carlos Dalanhol, o popular “Gaúcho do Milho”, desabafou sobre as dificuldades enfrentadas para manter o clube em funcionamento.
 
Além de suas responsabilidades como dirigente, Gaúcho também atua como roupeiro, motorista e desempenha diversas outras funções dentro da equipe.
 
O desabafo também está acompanhado de um desafio aos críticos, e foi lançado logo após a desclassificação do Vilhena no Campeonato Estadual.
 
Em um relato franco, Gaúcho expôs as precárias condições com as quais o clube tem lidado, destacando a sobrecarga de trabalho e a falta de recursos. Ele ressaltou a importância do apoio dos torcedores e de algumas empresas e pessoas que têm contribuído para a sustentabilidade do VEC.
 
No vídeo, Gaúcho expressou sua gratidão aos apoiadores do clube, citando empresas e indivíduos que têm fornecido suporte financeiro e logístico. Ele reconheceu que sem esse apoio seria ainda mais difícil manter as operações do clube. Além disso, Gaúcho lançou um desafio aos críticos do Vilhena Esporte Clube.
 
Sem entrar em detalhes, ele convidou aqueles que questionam a gestão do clube a se envolverem de forma mais ativa e construtiva, sugerindo que se juntem aos esforços para melhorar a situação da equipe.
 
O desabafo do presidente Gaúcho “o Milho” trouxe à tona as dificuldades enfrentadas por muitos clubes de futebol de menor expressão no país, que lutam para sobreviver em meio a recursos limitados e infraestrutura precária.
 
O vídeo, disponível para visualização logo abaixo, deve gerar discussões sobre a realidade dos times de futebol fora do eixo principal do esporte nacional.
 
ASSISTA O VÍDEO:
 
 
 
 
 
 
Direito ao esquecimento
Como você avalia a gestão do prefeito Edilson Alencar em Presidente Médici?
Você acredita que pets deveriam ser permitidos em praças de alimentação?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS