AMAZÔNIA: Salgueiro sai em defesa dos povos yanomami no samba de enredo deste ano

Salgueiro sai em defesa dos povos yanomami no samba de enredo deste ano

AMAZÔNIA: Salgueiro sai em defesa dos povos yanomami no samba de enredo deste ano

Foto: Divulgação

Domingo, 11 de fevereiro, às 00h30, a Amazônia vai ecoar no Sambódromo, no Rio de Janeiro, com o desfile da Escola de Samba Salgueiro, do grupo especial, que este ano homenageia os povos yanomami. que sofrem com os efeitos da ação de garimpeiros na sua região.

 

O samba de enredo aborda a proteção ambiental da Amazônia, apresentado a partir dos mitos e crenças deste povo. O nome dado, 'Hatukara', faz referência ao mundo para os yanomami, e significa "o céu original a partir do qual se formou a terra".

 

 

A escola do bairro do Andaraí contará a história do povo que ocupa a maior terra indígena no Brasil em um manifesto que sairá em defesa dos povos indígenas do Brasil e em defesa da preservação da Amazônia.


O carnavalesco responsável é Edson Pereira, que está confiante no título deste ano com esse tema que está tão em voga atualmente.

 

Yanomami

 

Há mais de mil anos os Yanomami vivem na maior Terra Indígena do país, ocupando parte do território da Venezuela e dos estados do Amazonas e Roraima, nas bacias do Rio Negro e do Rio Branco. “Ou seja, quinhentos anos antes dessas duas nações existirem, eles já estavam lá”, afirma o carnavalesco, que destaca a importância da preservação da floresta, assim como respeitar os direitos dos povos indígenas.


Ele afirma ainda que é preciso conscientizar as pessoas sobre o que é a devastação e o que essa destruição provoca na vida dos indígenas. “Ela, a destruição da floresta, está matando os nossos povos", pontua.

 

“Viver na floresta é um ofício que requer uma sabedoria ancestral, não fabricada em laboratório, nem encontrada nas páginas dos livros do “povo da mercadoria”, diz, acrescentando que “Viver na floresta como Yanomami é ser parte dela. É conviver com seres humanos e não humanos, animais, plantas, vento, chuva e milhares de espíritos”.

 

Edson revelou que o enredo é baseado no livro A Queda do Céu, de Davi Kopenawa, xamã e líder político do povo yanomami.
 

Direito ao esquecimento
Qual pré-candidato à Prefeitura de Cacoal tem sua preferência?
Como você avalia a gestão do prefeito Tinoco em São Francisco do Guaporé?

* O resultado da enquete não tem caráter científico, é apenas uma pesquisa de opinião pública!

MAIS NOTÍCIAS

Por Editoria

PRIMEIRA PÁGINA

CLASSIFICADOS veja mais

EMPREGOS

PUBLICAÇÕES LEGAIS

DESTAQUES EMPRESARIAIS

EVENTOS